Lampides boeticus

Lampides boeticus (Linnaeus, 1767)

Classe: Insecta

Ordem: Lepidoptera

Família: Lycaenidae

Género: Lampides

Nome-comum: Azulinha

Com uma distribuição alargada esta espécie é cosmopolita encontrando-se em África, Sul da Europa, Sudeste da Ásia e Austrália. Em Portugal existe em todo o território e é comum.

Esta espécie tem como habitat preferencial áreas cultivadas ou de pousio floridas, clareiras de florestas, jardins e parques.

Os adultos observam-se de Março a Dezembro, reproduzindo-se três vezes por ano (3 gerações – trivoltina). Os ovos são verdes e apresentam uma rede negra reticulada. As lagartas podem ter várias cores (verde, castanho, amarelo ou branco), mas sempre com uma risca dorsal castanha escura. Formam associação com formigas que vivem nas vagens das plantas hospedeiras. As plantas hospedeiras incluem codeços (Adenocarpus complicatus), espanta-lobos (Colutea arborescens), ervilheiras (Pisum spp.), tremoceiros (Lupinus spp.), espécies de Genista, entre outras. As crisálidas são castanhas com uma faixa dorsal escura e refugiam-se no solo sob pedras ou folhas da manta morta. Dependendo das condições climatéricas,  esta espécie tem a capacidade de hibernar nas diferentes fases do seu ciclo de vida: ovo, lagarta ou crisálida, o que é raro em borboletas.

Efectua migrações sazonais significativas percorrendo grandes distâncias. As borboletas da espécie apresentam, na zona anal da asa posterior, uma cauda filiforme e 2 pontos negros ocelados verde metalizado. Estas duas estruturas em conjunto criam a ilusão de uma falsa cabeça, ludibriando predadores como as aves. Estas, em vez de atacarem a cabeça da borboleta apontam para a cauda (falsa cabeça), o que permite à borboleta escapar ilesa do ataque.

 

Bibliografia:

Maravalhas E, Garcia-Pereira P & Schmitt T. 2003. Monografia (Continente). Família Lycaenidae. In As Borboletas de Portugal. Maravalhas E (ed.). Pp. 214-253.

Redondo V, Gastón J & Vicente JC. 2010. Las Mariposas de España peninsular. Manual Ilustrado de las especies diurnas Y nocturnas. Prames Ediciones. Zaragoza. 405 pp.

Links:

Naturdata

Fauna Europea

EOL Encyclopedia of Life