Papilio machaon

Papilio machaon Linnaeus, 1758

Classe: Insecta

Ordem: Lepidoptera

Família: Papilionidae

Género: Papilio

Nome-comum: Borboleta-cauda-de-andorinha

Esta espécie distribui-se pelo Norte de África, Europa e Ásia. Em Portugal existe em todo o país onde é frequente.

O habitat preferencial desta espécie inclui pradarias, terrenos incultos, encostas floridas e jardins.

Os adultos voam entre Fevereiro e Dezembro. A espécie reproduz-se três vezes por ano (3 gerações – trivoltina) e as fêmeas fazem a postura na arruda (Ruta chalapensis) ou no funcho (Foeniculum vulgare) das quais as lagartas se alimentam durante o dia. As lagartas são verdes com bandas pretas e manchas cor de laranja. A crisálida é verde ou acastanhada e hiberna durante o inverno.

Quando ameaçadas, as lagartas mostram um par de glândulas odoríferas cor de laranja brilhante – osmeterium. Estes órgãos repelem potenciais predadores através do odor forte e desagradável que emitem. Na fase inicial, a lagarta assemelha-se a um pequeno excremento de pássaro, o que lhe confere uma maior protecção contra predadores.

 

Bibliografia:

Maravalhas E, Garcia-Pereira P & Schmitt T. 2003. Monografia (Continente). Família Papilionidae. In As Borboletas de Portugal. Maravalhas E (ed.). Pp. 191-195.

Redondo V, Gastón J & Vicente JC. 2010. Las Mariposas de España peninsular. Manual Ilustrado de las especies diurnas Y nocturnas. Prames Ediciones. Zaragoza. 405 pp.

Links:

Naturdata

Fauna Europea

EOL Encyclopedia of Life

Anúncios